sábado, 25 de junho de 2011

Dica do Blog: Limpar tênis branco!

Ah se todo branco fosse assim não é mesmo! Quando você compra um tênis branco, claro que quer que ele sempre fique branquinho, mas...





E sempre tem um masssssss.........

Dependendo do tipo da lavagem empregada ele acaba ficando "encardido", sem contar que pra limpar tênis branco é uma esfregação braba.

Em União da Vitória isso se agrava por que uma porção de rua ainda não é asfaltada, mas seus problemas acabaram.

Para seu tênis branco, que está sujo ficar branquinho de novo:



VOCÊ VAI PRECISAR:

-1 esponja ( pode ser usada)
-sapólio líquido ( pode ser marca similar)


#COMOFAZ

Ai é bem simples, coloca o sapólio na esponja e passa no seu tênis, você vai ver que com facilidade absurda fica limpinho e não demora mais do que 5 minutos.


MANDE SUAS DICAS PARA O BLOG: email: garotadoblog_fafi@hotmail.com



Por Mônica Apolinário

TRAGÉDIA! Professor da Uniuv é assassinado







Aconteceu na noite de Corpus Christi, o professor Roberto Hoffman foi brutalmente morto por criminosos.


Roberto Hoffman, professor da UNIUV foi sequestrado por volta das 20 horas dessa quinta feira e morto de forma covarde por 3 indivíduos que teriam jogado o corpo do professor no Rio Iguaçu nas proximidades de Paula Freitas.


A princípio os meliantes sequestraram e mataram o professor para se apoderar de seu veículo.



Essas informações são preliminares e a polícia deve divulgar mais informações durante o dia.



No carro que estava em poder dos acusados a polícia teria encontrado armamento pesado, o mesmo carro já estaria encomendado e seria entregue a alguém não divulgado, no interior do estado.



O corpo, foi encontrado preso a alguns galhos as margens do rio na estrada entre o bairro São Sebastião e Paula Freitas.



Polícia Militar, Civil e Bombeiros trabalharam unidos no resgate ao corpo.





APERTE PLAY E OUÇA A NOTÍCIA




QUEM FOI ROBERTO HOFFMAN


Roberto Antônio Hoffmann é graduado em Processamento de Dados e em Administração, especialista em Administração Empresarial e em Metodologia da Ação Docente, mestre em Administração, é professor e vice-coordenador do curso de Administração da Uniuv e administrador do Centro de Processamento de Dados (CPD) da Instituição.




O professor de 45 anos foi morto com golpe de facas e a pauladas.


Fonte: Guia União




Por Lucas Aurélio

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Este é pra quem está revoltado(a) com a Educação no nosso país.

ESSA MERECE SER COLOCADA NA FRENTE DE UM VENTILADOR PARA SER ESPALHADA POR ESTE NOSSO BRASIL! 


PS> É LONGO MAS VOCÊ DEVERIA LER!

É lamentável , mas  infelizmente é verdade...
São Leopoldo tem um dos menores índices de analfabetismo e de mendicância do país, talvez por causa de homens como este!
EMPRESÁRIO DE SÃO LEOPOLDO
Silvino Geremia é empresário em São Leopoldo , Estado do Rio Grande do Sul.
Eis o seu desabafo, publicado na revista EXAME:


"Acabo de descobrir mais um desses absurdos que só servem para atrasar a vida das pessoas que tocam e fazem este país: investir em Educação é contra a lei .
Vocês não acreditam?
Minha empresa, a Geremia, tem 25 anos e fabrica equipamentos para extração de petróleo, um ramo que exige tecnologia de ponta e muita pesquisa.
Disputamos cada pedacinho do mercado com países fortes, como os Estados Unidos e o Canadá.
Só dá para ser competitivo se eu tiver pessoas qualificadas trabalhando comigo.
Com essa preocupação criei, em 1988, um programa que custeia a educação em todos os níveis para qualquer funcionário, seja ele um varredor ou um técnico.
Este ano, um fiscal do INSS visitou a nossa empresa e entendeu que Educação é Salário Indireto.
Exigiu o recolhimento da contribuição social sobre os valores que pagamos aos estabelecimentos de ensino freqüentados por nossos funcionários, acrescidos de juros de mora e multa pelo não recolhimento ao INSS.
Tenho que pagar 26 mil reais à Previdência por promover a educação dos meus funcionários?
Eu honestamente acho que não.
Por isso recorri à Justiça.
Não é pelo valor em si , é porque acho essa tributação um atentado.
Estou revoltado.
Vou continuar não recolhendo um centavo ao INSS, mesmo que eu seja multado 1000 vezes.
O Estado brasileiro está completamente falido.
Mais da metade das crianças que iniciam a 1ª série não conclui o ciclo básico.
A Constituição diz que educação é direito do cidadão e um dever do Estado.
E quem é o Estado?
Somos todos nós.
Se a União não tem recursos e eu tenho, acho que devo pagar a escola dos meus funcionários.
Tudo bem, não estou cobrando nada do Estado.
Mas também não aceito que o Estado me penalize por fazer o que ele não faz.
Se essa  moda pega, empresas que proporcionam cada vez mais benefícios vão recuar..
Não temos mais tempo a perder.
As leis retrógradas, ultrapassadas e em total descompasso com a realidade devem ser revogadas.
A legislação e a mentalidade dos nossos homens públicos devem adequar-se aos novos tempos.
Por favor, deixem quem está fazendo alguma coisa trabalhar em paz.
E vão cobrar de quem desvia dinheiro, de quem sonega impostos, de quem rouba a Previdência, de quem contrata mão-de-obra fria, sem registro algum.
Eu Sou filho de família pobre, de pequenos agricultores, e não tive muito estudo.
Somente consequi completar  o 1º grau aos 22 anos e, com dinheiro ganho no meu primeiro emprego, numa indústria de Bento Gonçalves, na serra gaúcha, paguei uma escola técnica de eletromecânica.
Cheguei a fazer vestibular e entrar na faculdade, mas nunca terminei o curso de Engenharia Mecânica por falta de tempo.
Eu precisava fazer minha empresa crescer.
Até hoje me emociono quando vejo alguém se formar.
Quis fazer com meus empregados o que gostaria que tivessem feito comigo.
A cada ano cresce o valor que invisto em educação porque muitos funcionários já estão chegando à Universidade.
O fiscal do INSS acredita que estou sujeito a ações judiciais.
Segundo ele, algum empregado que não receba os valores para educação poderá reclamar uma equiparação salarial com o colega que recebe.
Nunca, desde que existe o programa, um funcionário meu entrou na Justiça.
Todos sabem que estudar é uma opção daqueles que têm vontade de crescer...
E quem tem esse sonho pode realizá-lo porque a empresa oferece essa oportunidade.
O empregado pode estudar o que quiser, mesmo que seja Filosofia, que não teria qualquer aproveitamento prático na nossa  Empresa Geremia.
No mínimo, ele trabalhará mais feliz.
Meu sonho de consumo sempre foi uma Mercedes-Benz.
Adiei sua realização várias vezes porque, como cidadão consciente do meu dever social, quis usar meu dinheiro para fazer alguma coisa pelos meus 280 empregados.
Com os valores que gastei no ano passado na educação deles, eu poderia ter comprado Duas Mercedes.
Teria mandado dinheiro para fora do País e não estaria me incomodando com essas leis absurdas .
Mas infelizmente  não consigo fazer isso.
Eu sou um teimoso.
No momento em que o modelo de Estado que faz tudo está sendo questionado, cabe uma outra pergunta.
Quem vai fazer no seu lugar?
Até agora, tem sido a iniciativa privada.
Não conheço, felizmente, muitas empresas que tenham recebido o mesmo tratamento que a Geremia recebeu da Previdência por fazer o que é dever do Estado.
As que foram punidas preferiram se calar e, simplesmente, abandonar seus programas educacionais.
Com esse alerta temo desestimular os que ainda não pagam os estudos de seus funcionários.
Não é o meu objetivo.
Eu, pelo menos, continuarei ousando ser empresário, a despeito de eventuais crises, e não vou parar de investir no meu patrimônio mais precioso:
as pessoas.
Eu sou mesmo teimoso!...
Não  tem  jeito...

-------------
 
"No  futebol, o Brasil ficou entre os 8 melhores do  mundo e todos estão tristes.
Na  educação é o 85º e ninguém  reclama..."
EU  APOIO ESTA TROCA
TROQUE  01 PARLAMENTAR POR 344  PROFESSORES
O  salário de 344 professores que ensinam  =  ao de 1 parlamentar que rouba
Essa  é uma campanha que  vale a pena!
Repasso  com solidária revolta!
 

Via: CAMILA JARENTCHUK

sábado, 18 de junho de 2011

E você, o que pensa sobre os trotes?

Sempre é tempo de discussão! Achei um programa meio trash ( sem trollagem) e achei que devia compartilhar aqui>


sexta-feira, 17 de junho de 2011

Olha que Legal> Você pode ouvir as matérias agora ao invés de ler!


ROUBAMOS DO GUIA UNIÃO!



Jornada Tuliana: Ouça as entrevistas

última atualização: 16/06/2011 as 11:52 por Geee Hernandez

A semana de educação do Túlio de França




Desde segunda feira 13, acontece no Colégio Estadual Túlio de França a Jornada Tuliana, um evento que mobiliza o colégio em todos seus níveis e aspectos.

A Rádio G.U. News que tem compromisso com a notícia regional entrevistou o presidente do Grêmio estudantil daquele educandário, bem como a coordenadora do magistério e a pedagoga do colégio. Ouça as entrevistas do repórter especial Geee Hernandez:


(PARA OUVIR AS ENTREVISTAS CLIQUE NO PLAY)

ENTREVISTA COM O PRESIDENTE DO GREMIO EXPLICANDO O QUE É A JORNADA TULIANA:



 
Alex Anastácio presidente do Grêmio José Cleto do Túlio de França

Entrevista com a coordenadora do magistério falando sobre a importância da Jornada Tuliana:

 
 Professora Solange- Coordenadora do curso de Magistério.
Entrevista com a pedagoga do Túlio de França falando o que muda no colégio com a Jornada Tuliana:


 
 Professora Maria Helena- pedagoga do Túlio de França.

A Jornada Tuliana encerra-se na sexta feira 17 de Junho e já pode ser considerada um grande sucesso.

quarta-feira, 15 de junho de 2011

JORNADA TULIANA DE EDUCAÇÃO

No dia 13 de junho de 2011 as 20:00 foi feito a abertura da VII Jornada Tuliana.


Estavam presentes no evento a representante do núcleo regional de educação, a professora Marli Brugnago, também o presidente do grêmio estudantil Jose Cleto e o chefe da Uniguaçu, além de representante da FAFIUV e diretor do colégio Túlio de França,  bem como coordenadora do magistério Profª Solange e do meio ambiente professora Malu.


Durante essa semana, alunos do colégio, dos cursos do MAGISTÉRIO E MEIO AMBIENTE e também alunos de outras cidade, como General Carneiro e Paula freitas, estão participando de palestras e oficinas que ocorrem dentro dessa semana, do dia 13 até 17 de junho.




FOTOS E TEXTO: Presidente do Gremio Estudantil José Cleto> Alex Anastacio.


TCC de Jornalismo da Uniuv é premiado em concurso estadual

Jornalismo da Uniuv é premiado em concurso estadual

última atualização: 14/06/2011 as 01:44 por Geee Hernandez

Texto e Fotos: Ana Cristina Bostelmam


Estar na plateia esperando a hora de ser chamada ao palco para receber seu prêmio era muito mais que misturar emoção e satisfação. Era o reconhecimento de um ano de muito trabalho e empenho pelo seu Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

 Foi assim que Veridiane Sander, jornalista recém-formada pelo Centro Universitário de União da Vitória (Uniuv), participou do concurso
 Sangue Novo, evento que premia as melhores produções dos cursos de Jornalismo do Paraná.  
A jornalista, que ficou em segundo lugar na categoria Projeto em Telejornalismo, expôs o programa É Hora de Aprender - as lendas regionais, onde apresenta uma proposta de programetes para o público infantil que valoriza as lendas locais e regionais. 


O destaque no projeto é a forma e linguagem utilizada, envolvendo as crianças, ensinando as histórias de forma lúdica. 

“O objetivo dos programetes é mostrar que o jornalismo pode ser apresentado às crianças de uma forma com que elas se interessem pela informação repassada, despertando a curiosidade do saber. Cada programete conta, de diferentes maneiras, as principais lendas regionais, como elas surgem, como elas estão inseridas na educação e cultura das crianças”, explica Sander.


Ela conta que, produzindo programas sobre lendas regionais para o público infantil, a população como um todo terá acesso a um resgate histórico e cultural das lendas surgidas na região. 

“Além disso, contribuindo com a educação das crianças, o gosto pela informação crescerá junto com as crianças fazendo com que elas aprendam a real importância da cultura repassada pelos meios de comunicação”. A jornalista diz que receber o prêmio foi uma surpresa boa. 

“Poucas eram as faculdades do interior que estavam classificadas no prêmio. Poder estar ali, concorrendo com grandes universidades como a Federal e a Positivo, foi muito bom. Naquele momento mostramos que o Curso de Jornalismo da Uniuv não é apenas mais um, mas o melhor da região e destaque no Paraná. Por isso, nos últimos anos, o curso de Jornalismo está presente nas premiações mais importantes do Estado”, emociona-se.


A premiação aconteceu no dia 09 de maio, no Grande Auditório do Canal da Música, em Curitiba. O evento foi promovido pelo Sindicato dos Jornalistas do Paraná.


Novos projetos geram expectativas no curso de Jornalismo 
O trabalho premiado é resultado do TCC da aluna, apresentado em banca no final de 2010, com a orientação da professora e jornalista Ana Cristina A. Bostelmam. 

Segundo a professora, receber um prêmio por este trabalho só enfatiza ainda mais o processo em que se encontra o curso de Jornalismo da Uniuv.

“Este resultado representa muita dedicação pessoal e determinação profissional da aluna, mas também mostra o quanto o nosso curso está se aprimorando cada vez mais. Não é só a nota excelente que temos no ENADE que nos fortifica, mas sim os produtos jornalísticos e os profissionais que estão saindo de nossa instituição”, completa.

Feliz com o resultado do prêmio, Bostelmam já adianta que vários projetos estão sendo desenvolvidos no curso, não só como TCC. “Nosso colegiado está crescendo muito na qualificação profissional e também na apresentação de propostas novas para os alunos. E os alunos, acompanhando esse crescimento, têm respondido a altura, fazendo um bom jornalismo, mesmo ainda estando na faculdade”. Como exemplo, ela cita o Jornal Observatório e o Blog de Comunicação, que já estão em evidência no mundo acadêmico. 

FONTE: GUIA UNIAO

POSTAGENS RECENTES