segunda-feira, 11 de abril de 2011

Crime do RJ pode acontecer em União?

Crime do Rj pode acontecer em União?

última atualização: 08/04/2011 as 10:10 por Geee Hernandez
Entenda mais sobre o Bullying, que possivelmente motivou o bárbaro crime em escola carioca

Welington Menezes de Oliveira, frio, calculista e cruel. Essa é a personalidade que a polícia do Rio de Janeiro vem atribuindo ao criminoso que chocou o país.

O caso do atirador carioca repercutiu nos principais veículos de comunicação mundiais.

No Brasil trouxe a tona à questão da segurança nas escolas e reforçou o grave problema que o Bullying pode desencadear em mentes criminosas.

A mídia nacional, mais do que noticiar vem ventilando informações sem bases concretas.

Haroldo Lopes, psicólogo e analista de eventos de repercussão aponta que o Bullying pode estar associado ao gatilho que desencadeou um possível surto no atirador.

Colegas do criminoso apontam que esse era calado, vivia isolado e em um dos episódios gritantes de Bullying foi jogado em uma lixeira.

Cléo Fante, autora do livro Fenômeno Bullying, aponta em seu livro características similares as apresentadas pelo atirador segundo seus colegas.

Nos últimos tempos o Bullying vem ganhando repercussão na mídia, mas e quanto às escolas?

Particularmente, como educador que sou e pesquisador do Bullying em União da Vitória em virtude de minha monografia, percebo que há certa "preguiça" entre nós educadores de tratar o Bullying com seriedade.

Uma chacina de dimensões sem precedentes nos faz pensar, será que poderia acontecer em União da Vitória?

A resposta é alarmante: SIM!

Com bastante facilidade no sub mundo criminoso se consegue uma arma de fogo.

O Bullying por aqui é recorrente, talvez você que está lendo isso aqui já foi vitima em algum tempo e alguma escola!

E quanto a segurança de nossas escolas, o controle de quem entra e de quem sai inexiste. Citamos colégios centrais:


-José de Anchieta> As portas do Anchieta ficam abertas para a comunidade em geral, acadêmicos da FAFIUV e pessoas diversas tem acesso livre aos corredores do colégio estadual.

-Balduíno Cardoso> Apesar da porta estar sempre fechada não existe um controle efetivo de quem entra ou de quam sai.

-Túlio de França> Possivelmente seja o mais seguro, para acessar o colégio ( fora do horário de entrada das aulas) existe um controle, duas portas, mesmo assim nada difíceis de se conseguir acesso, sobretudo por ex alunos.

As escolas realmente não têm como ter um policial revistando quem entra e quem sai até por que seria inviável.

Nenhuma escola no Brasil está livre de se tornar manchete de tragédias similares.

Soluções mágicas ou receitas de bolo não se aplicam nessa problemática, é preciso empenho da própria escola, não tolerando os comportamentos de Bullying e os coibindo com base na educação chacinas motivadas pelo ódio guardado durante anos tendem a dificilmente acontecer.


O QUE É BULLYING?
Quando um aluno é assediado, de forma moral ou mesmo com violência física por outro colega, ou grupo de colegas de força física superior temos um comportamento descrito como Bullying.
O Bullying tende a ser repetitivo e crescente no grau de crueldades.

 



Qualquer dúvida sobre Bullying podem entrar em contato!


@GeHalls










FONTE> www.guiauniao.com.br

Nenhum comentário:

POSTAGENS RECENTES