terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Cristina Mortágua>> Homofobia e Baixaria, muita revolta!!!

A modelo/atriz Cristina Mortágua protagonizou cenas grotescas e de nível extremamente duvidoso nessa segunda feira no Rio de Janeiro.
Seu filho com o jogador Edmundo, o animal ( atual comentarista da Band) um garoto de 16 anos havia ido a delegacia registrar boletim de ocorrências contra a modelo, alegando que teria sido agredido por Cristina.

A modelo de forma inesperada invadiu a delegacia arremeçou um celular na cabeça do garoto e ainda partiu pra cima do mesmo, separada pela polícia e ainda descontente, a versão brazuca de Amy Winehouse teria "voado nas gadeia" da delegada, que deu voz de prisão à Cristina.
Recentemente a modelo causou polêmica ao realizar ensaio sensual junto com o filho, no qual apareceu semi nua e beijando o adolescente na boca.
Ao ser questionada sobre os motivos que a levaram a esse ataque de fúria, Cristina declarou que seu filho era homossexual e isso teria gerado toda a confusão.
Segundo o que o repórter Paulo Sérgio direto do RJ teria deixado subentendido no twitter e via skype, a modelo fazia de tudo para mudar essa imagem gay do filho perante a sociedade.
O jogador Edmundo não mantém proximidade com o garoto, paga a pensão e só.

Esse episódio lamentável nos trás várias reflexões, pontuarei algumas:

1) A falta de escrúpulos de alguns homens que fazem o filho de forma irresponsável e não assumem, e quando obrigados pela justiça apenas pagam a pensão. Um caso famoso que retrata bem isso é o do jogador Pelé, dentro de campo um gênio, fora de campo, bom fora de campo assumiu a falecida Sandra mas nunca a deu o que ela mais queria, um pai. Ou seja alguém que faz filho mas não cumpre com as necessidades emocionais, e apenas paga pensão sobre obrigatoriedade da justiça nem de homem não pode ser chamado. O Pelé jogador foi gênio, mas o homem nem sei se merece ser chamado de homem... Edmundo segundo o que se comenta usa do mesmo expediente...

2) A dependência química corrói com famílias e ninguém faz nada! As drogas se espalham na velocidade da luz e o que se observa é apenas um povinho aproveitador que fala, fala mas não faz porra nenhuma! Cristina estava extremamente dopada, efeito de inúmeros remédios tarja preta. Existe médico canalha nesse mundo que receita o que o paciente pede, o que vale é receber pela consulta. Existe também nessa classe, bendita e maldita, um corporativismo nojento e escroto, onde um fdp protege o outro. Quer saber... Vcs que são corporativistas... VÃO TUDO PRO INFERNO seus vermes!




3) Homofobia é algo nojento também, coisa de gente mal comida que reprime seus instintos sexuais. Quem tem tempo pra ficar cuidando da traseira alheia é pq não cuida da própria. Estudos comprovam que pessoas homofóbicas tem tendencia para ser homossexuais. É aquele esquema, inveja dos gays pq eles estão dando o que os homofóbicos queriam dar. A novela Insensato Coração vai trazer o exemplo exato do perfil de um homofóbico. Quem acha a homossexualidade coisa de outro mundo, que ( com o perdão do trocadilho) mete o pau nos gays, só tem uma explicação: Queria estar no lugar deles!

4)A decadência da família é algo visível. A modelo em questão nunca deu exemplo para o filho, na questão imagem mesmo. Viveu a vida inteira com o "corpo" e agora acha que tem autoridade pra dar lição de moral. Muitos pais cometem o mesmo erro! Tem uma vida inteira errada e a qualquer deslize dos filhos em qualquer área já bancam os senhores do engenho e querem dar lições de morais. Grotesco isso... É a história do teto de vidro...



5)Agora de tudo isso, no meu humilde e revoltado ponto de vista o pior é o oportunismo de muitos. Segundo a grande mídia noticiou, alguns grupos de ativistas homossexuais querem fazer protestos e o diabo a quatro devido a Cristina não aceitar a sexualidade do filho. Vomitei pra vcs bando de oportunistas que só faltam sair com a melancia na cabeça para aparecer. Existem duas coisas que observo, primeiro que sim a homofobia é uma coisa absurda e atrasada, mas da mesma forma que o sujeito tem o direito de ser homossexual, outro tem o direito de não gostar, não aceitar e nem respeitar os homossexuais. Vcs pregam tanto igualdade mas esquecem que alguém não aceitar também é igualdade. E segundo, essa moça precisa de ajuda, de tratamento e não de cadeia ou protestos. Se vocês que lutam pelo direito dos homossexuais querem respeito comecem por vocês, essas paradas do orgulho gay que vocês fazem é uma piada, um carnaval. Orgulho do que cara pálida? De ter uns marmanjos pelados em cima do carro de som e outros se comendo em praça pública? É vergonhoso pensar em respeito sem se dar o respeito!
Eu sou a favor dos direitos de todo mundo, de quem é homossexual e de quem não gosta deles!

Ah pouco tempo atrás a mulher era ainda mais descriminada que os homossexuais, só que de forma genial souberam se portar, estudaram, cresceram. Vocês querem respeito quando vocês mesmos vão para a tv se ridicularizar!

E sabe o que é pior? A maioria dos homossexuais tem caráter e é desmoralizada por meia dúzia que apenas tem o intuito de aparecer!

Nós do Blog da Faculdade como postura editorial somos contra qualquer tipo de preconceito, mas também somos contra a hipocrisia e a cara de pau.




PS> meus caros eu entro em férias, e agradeço a todos pelo carinho de sempre e mto obrigado a quem me segue no twitter> @GeHalls. Deixo vocês na sempre boa companhia de meus colegas e daqui a duas ou três semanas estou de volta.
Um abraço enorme a todos e obrigado por tudo que vocês propiciam pra essa pequena mas esforçada equipe.




Vídeo mostra Cristina Mortágua agredindo filho em delegacia


































Por Geee Hernandez
www.twitter.com/GeHalls

Nenhum comentário:

POSTAGENS RECENTES